Como a autossabotagem influencia sua saúde? Cuide-se!

Como a autossabotagem influencia sua saúde? Cuide-se!

Você já passou por situações em que alguém puxou o seu tapete? A impediu de alcançar o que queria? Ou simplesmente dificultou o seu caminho? Ser boicotada é ruim, mas isso é ainda pior quando a sabotagem parte de você mesma!

Talvez você não faça isso conscientemente. Mas essa trava impede a sua mudança, sua disciplina em manter hábitos saudáveis e uma rotina que a deixe satisfeita consigo mesma.

A autossabotagem insiste em manter você na sua zona de conforto, porque ela exige menos esforço; mas também leva à sérias consequências, limitando a sua felicidade.

A autossabotagem parte do seu emocional, mas prejudica todos os aspectos da sua vida, incluindo a sua saúde.

Portanto, se você não quer ficar refém desse tipo de comportamento, continue conosco. Neste post você descobrirá os principais motivos da autossabotagem e como eliminá-los da sua vida. Aproveite!

Quais são os principais motivos da autossabotagem?

A autossabotagem é uma tendência de colocar dificuldade em tudo o que você decide fazer. Esse mecanismo é uma versão excessiva da ponderação dos riscos que uma situação traz. Por isso, acaba sendo um dos principais motivos pelos quais as pessoas adiam tanto a decisão de incluir cuidados com a saúde em sua rotina.

Os principais “sintomas” estão relacionados àqueles pensamentos como:

  1. “isso não me importa, eu não quero isso”, quando você quer;

  2. “depois eu faço”, “amanhã eu começo”, e não faz;

  3. “eu tentei”, “era muito difícil”, quando você desiste de um objetivo;

  4. “não sei o que fazer”, “não consigo decidir”, sempre que surge uma dificuldade.

  5. “Não posso, pois preciso cuidar da minha família e dos meus pets”, quando há outras alternativas;

Existem possíveis causas da autossabotagem:

  1. personalidade evasiva — quando uma pessoa não toma as rédeas da própria vida e espera que as circunstâncias definam uma solução para a sua situação;

  2. baixa autoestima — o indivíduo desconfia das próprias capacidades, julgando que não tem valores suficientes para conquistar determinado avanço;

  3. superproteção familiar — o excesso de proteção gera a sensação de que a pessoa depende dos outros para se sentir segura.

Agora que você já conhece os principais causadores da autossabotagem, descubra como combatê-la.

Como vencer essa barreira?

Existem algumas estratégias interessantes e efetivas para vencer a autossabotagem e conquistar seus objetivos. Confira cada uma delas a seguir.

Tire um tempo para si

A individualidade é uma característica importante do ser humano. Ela se torna uma necessidade, especialmente para aquelas pessoas que vivem cercadas pela família e amigos. Por isso, tirar um tempo para cuidar de si mesma é tão relevante.

Organize a sua agenda e tire um ou dois dias na semana para ficar sozinha, praticar alguma atividade que a faça se sentir bem, aprender algo novo ou simplesmente cuidar da sua mente e do seu corpo. Aqui vão algumas sugestões:

  1. se inscreva em uma aula de dança;

  2. faça um dia de spa;

  3. saia para almoçar ou jantar;

  4. ouça suas músicas favoritas;

  5. planeje uma viagem;

  6. pedale;

  7. leia um livro.

Fique atenta aos sinais do seu corpo

Sua mente e seu corpo funcionam em conjunto, estão interligados e respondem mutuamente aos estresses causados. Por isso, é importante compreender a si mesmo e identificar como você reage aos estímulos que sofre, tanto aqueles vindos de outras pessoas quanto os que você mesma emite.

O autoconhecimento é uma habilidade que permite identificar forças e fraquezas. Assim, quando você entende melhor quem é, o que a motiva, o que a reprime e como você responde às situações, se torna capaz de tomar as melhores decisões em todos os aspectos da sua vida.

Pratique atividades físicas

Um estudo realizado pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA e divulgado pela Harvard indica que a prática de exercícios físicos contribui para a redução da pressão arterial, da gordura corporal, dos níveis de colesterol e também a regulação do açúcar no sangue. Além disso, ela aumenta a força muscular e óssea.

Portanto, escolha atividades que beneficiem o bem-estar, mesmo que sejam exercícios leves. Manter a consistência também contribui para resultados melhores.

Adote uma alimentação saudável

O alimento é o combustível do corpo. Por isso, é importante fazer boas escolhas ao montar o prato de cada refeição. Cada componente deve ser rico em nutrientes e fazer parte de uma composição balanceada, garantindo que seu organismo extraia todos os recursos que precisa para continuar funcionando.

Uma dieta com grandes quantidades de alimentos ultraprocessados, açúcares e outros elementos prejudiciais à saúde podem exigir demais do seu corpo, comprometer o seu bem-estar e a sua qualidade de vida. Por isso, é importante investir no consumo equilibrado de proteínas, frutas, legumes, verduras e oleaginosas.

Evite os excessos

Existe um ditado que afirma: a diferença entre o veneno e o remédio é a dose. Isso significa que, mesmo aquilo que é considerado benéfico para a sua saúde, pode ser um problema se for utilizado em excesso. Um exemplo disso é o sono. São recomendadas, em média, oito horas de sono diárias para a reparação saudável da energia de um adulto. Aqueles que dormem menos ou mais horas podem prejudicar o funcionamento do seu corpo.

O mesmo vale para comida, exercícios físicos, horas de televisão e eletrônicos, bebidas alcoólicas, estresse e etc. Portanto, fique longe dos excessos e busque o equilíbrio nas suas escolhas.

Onde buscar ajuda e vencer a autossabotagem?

Existem locais e hábitos propícios para facilitar a busca pelo autoconhecimento e para vencer a autossabotagem. Essa busca é profunda e pode ser facilitada por diversos profissionais, desde médicos até terapeutas alternativos. Práticas como a yoga, meditação e acupuntura podem ser benéficas para a construção do conhecimento de si mesmo.

A partir disso, é possível trabalhar suas principais vulnerabilidades, investindo no seu bem-estar e no fortalecimento da sua saúde mental, emocional e física. É importante conectar seu corpo com um estilo de vida saudável, que é a sua condição natural. Um spa, por exemplo, pode ser um ótimo lugar para receber a ajuda de profissionais, relaxar e cuidar do seu equilíbrio.

Agora que você compreende melhor o funcionamento da autossabotagem e sabe como evitá-la, não guarde esse conhecimento. Se você gostou deste conteúdo, compartilhe nas suas redes sociais e ajude a disseminar aprendizado!

32 visualizações

Bálsamo Spa Natural

(61) 3033-3397 ou (61) 99654-6881

SMLN Trecho 7 chácara 9/DF-015

Lago Norte – Brasília – DF
contato@balsamospa.com.br

  • Bálsamo Spa
  • Bálsamo Spa