Açúcar, vilão da saúde!

Açúcar, vilão da saúde!

O açúcar é um dos grandes males da nossa alimentação hoje em dia. Ele, junto com os carboidratos. Só de olhar para a palavra – AÇÚCAR – já engordamos! Se fosse apenas isso, seria menos mal. A grande questão, é que ele faz mais mal do que imaginamos. Vamos então entender hoje por que o açúcar é tão prejudicial para todos nós.

Se você não consegue tomar um cafezinho sem colocar açúcar, não vive sem uma bolachinha ou bolo no café da tarde, com certeza precisa ler este artigo para reconsiderar o uso do açúcar em sua vida.

Perguntas comuns que responderemos neste artigo sobre o açúcar:

  • O açúcar é tão ruim assim?

  • Fruta tem açúcar! As Frutas são ruins?

  • Alguns tipos de açúcar são melhores ou piores?

  • Podemos ficar viciados em açúcar?


O que é Açúcar

Pode parecer óbvio, mas não é tão óbvio assim. Você sabe o que é o açúcar?

O açúcar é um carboidrato. Existem diferentes tipos de açúcar:

O Açúcares simples (chamados monossacarídeos) como a glicose, frutose, galactose etc. Depois, tem também formas mais complexas (chamadas de dissacarídeos) como a sacarose, maltose e lactose.

Não preocupe-se com a sopa de letrinhas, se terminar em “OSE” a chance de ser açúcar é grande!

Primeiramente, devemos entender que o açúcar não é apenas aquele que conseguimos enxergar. Em vários alimentos que comemos e também nas bebidas que tomamos, o açúcar está presente em grande quantidade. Pão, refrigerante, bolo, sucos de caixinha, massas, por mais incrível que isso possa parecer, isto tudo contém açúcar.

O açúcar pode ter efeitos nocivos sobre o metabolismo e contribuir para praticamente todos os tipos de doenças, mas vamos em partes!


Entendendo os principais tipos de açúcares


A Glicose:

A glicose é obtida naturalmente nas plantas e frutas, e é um subproduto da fotossíntese. Em nossos corpos a glicose pode ser queimada como energia ou convertido em glicogênio (essencialmente: fígado e combustível muscular). Nossos corpos podem produzir glicose quando necessário.


A Frutose:

Este é o açúcar de frutas, está presente naturalmente nas … frutas!  Ela também está presente naturalmente no açúcar de cana e no mel, e é incrivelmente doce.


A Sacarose:

Esse açúcar é encontrado nas hastes de cana-de-açúcar, nas raízes de beterraba, e pode ser encontrada naturalmente ao lado da glicose em certas frutas e outras plantas.


A Lactose:

A lactose é basicamente o açúcar do leite. As crianças possuem as enzimas necessárias para quebrar a molécula de lactose para que ela possa ser utilizada pelo organismo, enquanto alguns adultos não. Este são os intolerantes à lactose.


De onde vem o açúcar

A cana é uma das principais fontes para industrialização do açúcar. Agora que você já conhece alguns tipos principais de açúcar, deve estar se perguntando, mas de onde é que o açúcar realmente vêm?

O açúcar é geralmente criado como resultado do processamento de um dos dois tipos de plantas: A Beterraba ou a cana-de-açúcar. Estas plantas são colhidas, processadas e refinadas para se parecer com o açúcar branco que conhecemos.

Este açúcar não tem absolutamente nenhum valor nutricional: é apenas puro, branco e refinado.


O que acontece com nosso corpo quando comemos açúcar?

Quando comemos açúcar, nosso corpo tem duas opções sobre como lidar com ele:

  1. Queimar transformando em energia. ÓTIMO!

  2. Converter a gordura e armazená-la em suas células de gordura. PÉSSIMO!

Dependendo de vários fatores como por exemplo a nossa predisposição genética, nosso corpo pode estar mais predisposto a processar o açúcar como energia, ou pode ser mais predisposto a armazená-lo como gordura.

Depois que ingerimos uma certa quantidade de açúcar, nosso pâncreas detecta esta elevação no sangue e libera um hormônio chamado insulina para lidar com o excesso de açúcar.

A insulina ajuda a regular esse nível de açúcar no nosso sangue, quanto mais açúcar na corrente sanguínea, mais insulina é liberada. A Insulina ajuda a armazenar toda esta glucose no fígado, nos músculos como glicogênio e nas células de gordura.

Acontece que muitas vezes o nosso corpo se esforça para obter esse equilíbrio certo de açúcar na corrente sanguínea, (quando ingerimos muito açúcar em pouco tempo). Muita insulina é liberada, o que acaba resultando em uma queda de açúcar no sangue abaixo dos níveis normais.

É nesta hora que temos uma rápida hipoglicemia e o nosso corpo responde, PEDINDO MAIS AÇÚCAR!

É neste momento que começa o ciclo-vicioso do açúcar.

A parte triste desta história, é que quanto mais frequentemente esse processo ocorrer no nosso corpo, (quando mais açúcar você consome), mais grave o pico de açúcar no sangue será, e mais insulina é necessária.

Nosso corpo começa a criar uma resistência a insulina, fazendo com que nosso corpo precise cada vez despejar mais insulina para conseguir limpar uma mesma quantidade de açúcar. Quando isto acontece estamos resistentes à insulina, e correndo sérios riscos de desenvolver a Diabetes do tipo II.


Comendo menos açúcar, o problema está resolvido?! Apenas em PARTES!

Os carboidratos viram açúcar no sangue!

Comer menos açúcar é apenas o início para o sucesso. Isto porque nosso corpo processa certos tipos de carboidratos de forma muito semelhante ao açúcar.


Você já ouviu falar do índice glicêmico e da carga glicêmica?

O índice glicêmico é o cálculo da rapidez com que um determinado tipo de alimento aumenta o seu nível de açúcar no sangue, em uma escala de 1-100 (sendo 100 o valor da glicose). Pesquisadores de Harvard descobriram que alguns alimentos como o pão branco, batatas fritas e outros carboidratos simples têm efeitos quase idênticos à glicose no nosso sangue.

Geralmente, quanto mais refinado ou industrializada uma comida for, mais provável é que vai se converter rapidamente em açúcar no nosso corpo.

Talvez agora esteja caindo a sua ficha e deve estar pensando que não é a gordura que está te engordando, mas sim todo o açúcar, seja ele proveniente dos carboidratos de alto índice/carga glicêmica, ou do açúcar branquinho.

Sim, isto pode com certeza ser uma percepção verdadeira, inclusive estudos estão cada vez mais apontando para que as causas de doenças cardíacas estão vinculadas aos carboidratos e açúcar e não na gordura saturada.


E o açúcar das Frutas? O que fazer?!

O consumo de frutas pode ser benéfico, mesmo contendo açúcar.

Quando você come frutas, você não está apenas consumindo frutose, mas também está consumindo fibras e muitas vitaminas e minerais. OK, a fruta pode ter um efeito sobre o açúcar no sangue, que é o açúcar. Mas geralmente as frutas causarão um menor pico de açúcar no sangue comparado com o açúcar de mesa que não contém nada de nutrientes.

Além disso isso: As fibras são uma parte importante de uma dieta equilibrada, e frutas podem conter muito disso!

Se o seu objetivo principal é a perda de peso, você precisará manter sua ingestão de carboidratos controlada, minimize o consumo de frutas com alto teor glicêmico especialmente de noite e sobrecarregue seu prato de legumes.

(Faça um plano com uma nutricionista!)

No entanto, se sua escolha é entre os alimentos industrializados, bebidas açucaradas, doces ou frutas. Escolha as frutas!


Texto de: http://docedieta.com/saude/acucar-faz-mal-a-saude/

83 visualizações

Bálsamo Spa Natural

(61) 3033-3397 ou (61) 99654-6881

SMLN Trecho 7 chácara 9/DF-015

Lago Norte – Brasília – DF
contato@balsamospa.com.br

  • Bálsamo Spa
  • Bálsamo Spa